Cases


imagesAbdicar do senso comum para inovar Uma empresa com quase cem anos, não atenta às mudanças dos hábitos e costumes do consumidor, terminou por reduzir em quase 8 vezes suas vendas. Novas soluções terminaram por canibalizar seu core business e rever, encontrar uma nova razão de ser, era fundamental. Uma discussão real, sobre um caso real, ponto de inflexão que definiria a continuidade ou não do negócio.

 

stock-photo-best-practice-business-background-golden-compass-needle-on-a-black-field-pointing-to-the-word-157028171

Inovar como nos anos 50? – Netflix Estudo de caso sobre o business da TV, produção de conteúdos e hardware. Tem como objetivo demonstrar como erros se perpetuam apesar dos múltiplos casos, novas literaturas e teóricos: o prazer doentio de inovar por inovar, simplesmente para mostrar do que se é capaz de produzir, ao invés de inovar para responder a necessidades manifestas ou não pelo consumidor.

.

 

images

Inovar como nos anos 50? – MiniDisc Então, a questão de fundo para toda empresa é: “Do que precisa o mercado que eu poderia fornecer de forma durável?”. Nós já passamos muito de nosso tempo, desde o pós-guerra, tentando mover o mundo social das novas tecnologias. Como nosso cérebro é nosso inimigo em alguns casos, ele nos move a justificar, analisando a posterior, as empresas que sobreviveram por ler seus sucessos sob o ângulo tecnológico

.

stock-photo-best-practice-business-background-golden-compass-needle-on-a-black-field-pointing-to-the-word-157028171

Como antecipar a constante evolução das demandas do mercado? “…Ao longo dos últimos 12 anos de atividades encontramos um sem número de empresas que poderiam ser agrupadas segundo uma mesma deficiência: a falta de conhecimento sobre as necessidades e sobre a dinâmica de seus Clientes e Consumidores. E este mal não acomete apenas empresas pequenas ou de origem nacional, nem tampouco somente empresas industriais….”.

.

imagesO inimigo estava dentro de casa …Este era o histórico, diagnóstico e ações implantadas que nos reportou, imediatamente antes de dizer: “E após um ano de novas tentativas voltamos a atacar aquelas duas regiões batendo em muitas portas todos os dias, mas elas não se abrem para nós”. Para complicar ainda mais o jogo, o líder local fazia do preço uma barreira à entrada de novos Competidores: sem reputação ele teria que praticar preços extremamente baixos, insuportáveis…

.

stock-photo-best-practice-business-background-golden-compass-needle-on-a-black-field-pointing-to-the-word-157028171Quando tudo perde valor só resta falar sobre preço? “…Os atritos na rede, entre cooperados e cooperativa, eram frequentes. A cooperativa de saúde mantinha uma vasta rede de atendimento na região e exigia que seus credenciados mantivessem ao menos 40% de sua capacidade de atendimento para os pacientes a ela vinculada, sem que houvesse qualquer garantia de ocupação e consequente pagamento. Em oposição estavam os cooperados, pressionando por aumento de preços por cada atendimento para cobrir seus custos fixos…”.

.

images

Como planos de negócio falham: 9 equívocos recorrentes “…Então, considere este um anti-case, uma síntese de vários Diagnósticos de Empresas que realizamos entre 2012 e 2013, onde apontamos as razões que levaram alguns daqueles que viriam a ser nossos futuros clientes a não terem obtido os resultados esperados. Para todos eles a receita foi a mesma: vamos ajudá-los a rever seu plano de negócios…” 

.

stock-photo-best-practice-business-background-golden-compass-needle-on-a-black-field-pointing-to-the-word-157028171

E quando os interesses não são convergentes? “…Estes obstáculos normalmente surgem ao longo da relação comercial, na medida em que o contratante expande seus negócios, percebe o mercado, a concorrência e vislumbra maiores oportunidades de crescimento. E este conjunto de interesses e desejos podem ficar em oposição aos interesses do Representante, uma vez que ele já tenha atingido sua “altitude de voo”…” 

Anúncios

Participe, queremos conhecer sua opinião......

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s