Marketing: os desvios da economia de mercado


No artigo MARKETING: mais perguntas que respostas indiquei o tema “sistema de pensamento” como sendo o responsável por precisar os fundamentos ideológicos do conceito de marketing e de analisar as principais implicações no nível de funcionamento da organização da empresa.

A ideologia da economia de mercado é a base do processo de marketing.

Entendo que existe uma diferença importante entre o que é “ser grande”, que esta filosofia de gestão apregoa, e do que pratica em realidade.

Na verdade o sistema econômico liberal não é naturalmente projetado para impedir três previsíveis falhas:

  • o predomínio do curto prazo sobre longo prazo: muitas decisões políticas, econômicas, sociais, são claramente irracionais em termos de duração mas parecem ideais a curto prazo aos olhos dos decisores políticos. Porque uma empresa sujeita a revisão trimestral de seus resultados financeiros (empresas de capital aberto, p. ex.) iria tomar decisões de investimento no longo prazo? Por que um político sujeito a eleições a cada quatro anos faria escolhas para a sociedade envolvendo a próxima geração? Assim, vemos que uma sucessão de boas decisões de curto prazo não necessariamente geram ótimos resultados no longo prazo, e são elas, ações de curto prazo, preconizadas no liberalismo.
  • stock-photo-business-man-writing-marketing-concept-115512139o predomínio dos interesses individuais sobre o interesse coletivo: pressupõe a ideologia liberal que um acréscimo de decisões individuais ótimas gera um progresso coletivo. A realidade desde século mostra muitos exemplos contrários a este princípio. Por exemplo, a síndrome nimby (“não no meu quintal”) é uma clara ilustração de interesse individual incompatível com o interesse coletivo.
  • a ditadura do poder de compra: promove a criação de produtos populares que não trazem necessariamente progresso à sociedade. Como resultado temos pequenos grupos sociais com muito menos chances de ter a suas necessidades consideradas, independentemente do valor social e humano da sua aplicação. Este efeito perverso gera, por exemplo, a situação das doenças singulares, doenças raras, tão pouco lucrativas para que a indústria farmacêutica decida dedicar investimentos na pesquisa necessária para encontrar uma cura, mas tecnicamente viável.

Esta reflexão por si só revela o verdadeiro conteúdo do que se esconde por detrás do conceito “liberalismo econômico”: a liberdade de transito do capital e de como aplica-lo, do culto ao individualismo e do curto prazo.

SUGESTÃO DE LEITURA: Estudos de Mercado ,  MARKETING: mais perguntas do que respostas? , MARKETING: um sistema de pensamento

Valmir Mondejar  mais sobre….  

Anúncios

2 comentários sobre “Marketing: os desvios da economia de mercado

  1. O problema do Marketing do “fechamento do trimestre” é abrir flancos para outras marcas, na medida do descontentamento dos clientes. As Marcas que agem como você descreveu, criam um contingente de “cherry pickers” que destroem o valor de marca e não solidificam uma carteira de médio e longo prazo.

Participe, queremos conhecer sua opinião......

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s