Marketing Operacional: 6 dicas de valor


Deveria ser óbvio: nenhuma estratégia de marketing pode existir sem que ela esteja acompanhada de um plano de marketing operacional.

Conceber uma estratégia e não dotá-la de ferramentas, aquelas necessárias para que seus objetivos sejam atingíveis, é mais frequente do que imaginamos.

E para assegurar que nada esteja escapando entre os dedos, seja por falta de conhecimento, seja por falta de atenção, deixo aqui algumas boas práticas e reflexões:

  1. Os segmentos estão bem identificados?
    • O plano de marketing operacional chega através de várias ações aos clientes. Temos que nos assegurar que a mensagem é a melhor mensagem, que está chegando ao cliente certo, através do correto suporte de comunicação e pelo canal correto. Voce conhece as razões pelas quais seus clientes compram? E as razões dos não clientes?
  2. Os objetivos, em termos operacionais, estão em perfeito alinhamento com a estratégia?
    • Os objetivos gerais do plano de marketing são geralmente do tipo: aumentar o faturamento, o volume de vendas, manter ou desenvolver a rentabilidade, tomar partes de mercado, penetrar em novos segmentos….É de fundamental importância que os objetivos do plano operacional concorram para a construção do objetivo geral. Exemplo: uma ação para ampliar os seguidores de seu site é definitiva na conquista de novas partes de mercado? Não, se ela não estiver associada a outra(s) ações que contribuam para o objetivo maior.
  3. Os indicadores para cada ação estão bem definidos e identificados?stock-vector-newsletter-template-subscription-form-vector-illustration-182797193
    • A chave do sucesso aqui é manter uma estreita conexão entre cada objetivo, portanto cada ação, a um ou mais indicadores de resultado, em especial àqueles que incidem sobre a entrada de pedidos, novos clientes, ampliação do tráfego de mercadorias, ticket médio, etc.
  4. Voce tem uma visão clara e inequívoca do conjunto de ações de comunicação?
    • Existem vários tipos de planos de marketing operacional: por objetivo de comunicação (distribuidores, especificadores, …), por tipo de produto (lançamento, maturidade…) ou por suporte de comunicação. O fundamental é ter uma visão de conjunto a fim de organizar a visibilidade da marca e de reforçar a eficácia das ações.
  5. As mensagens estão alinhadas com o posicionamento da marca? Revisar, criticar e se necessário……..coloque tudo no chão e reconstrua!
  6. Voce pensa e planeja multi-canal?
    • Já não é de ontem que temos que pensar e agir sobre: interatividade, geolocalização, reatividade. Ações multi-canal, suportadas pela estratégia, são as chaves que abrem as portas de uma relação durável com seus clientes.

 E agora, tem certeza que tudo está em ordem para ser colocado em prática?

SUGESTÃO DE LEITURA: Por favor não conte uma história qualquer , Os 5 perfis de consumidor frente a uma inovação

Valmir Mondejar  para saber mais…..  18/09/2014

Anúncios

Participe, queremos conhecer sua opinião......

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s